Horta em casa: atividade relaxante e saudável

Já cogitou ter uma horta em casa? Antes de você ter uma visão negativa sobre o assunto, é preciso quebrar alguns tabus


Por: Crislaine Abreu
Data: 22 de maio de 2020
img

No texto anterior publicado na editoria de alimentação, falamos sobre a importância de evitar o desperdício e como conservar alimentos, isto é, da forma correta para não perder os nutrientes. Hoje, vamos trazer não só mais uma dica saudável, mas econômica. para que você insira no seu cotidiano alimentar.

Já cogitou ter uma horta em casa? Antes de você ter uma visão negativa sobre o assunto, é preciso quebrar alguns tabus. Você não precisa gastar muito dinheiro para cultivá-la, não é necessário ter um espaço enorme em casa e não exige muito tempo do seu dia.

Há ainda mais vantagens em se ter uma produção caseira. Ao consumir ervas e verduras, sem dúvidas, você terá plena consciência de que elas não contêm agrotóxicos; plantar conecta você com a natureza; se tiver filhos, além de ser uma ótima diversão, você os ensina sobre qualidade de vida e hábitos mais saudáveis; e, por último, com o isolamento social, ocupar a cabeça com uma atividade relaxante se torna uma verdadeira terapia.

Agora que você entende que ter uma horta em casa só traz benefícios, deixe a preguiça de lado e mãos na terra. Então, vamos às dicas?!

Ambiente

Antes de tudo, escolha um ambiente arejado. A iluminação precisa ser natural e não deve receber muitos ventos fortes, pois isso pode prejudicar o desenvolvimento do alimento. Se a sua casa ou apartamento consegue receber bastante sol durante o dia, você pode plantar leguminosas e hortaliças. Se for um local com pouca incidência de sol, escolha ervas e temperos.

Local

Se tiver um quintal em casa, você pode plantar as sementes ou mudas diretamente na terra. Agora, se o espaço for menor, opte pela horta vertical. Vasos, embalagens recicláveis, caixas ou paletes de madeira são  indicados. Nessa opção, não se esqueça de fazer pequenos furos no fundo do recipiente para que a água escoe.

Adubação

O solo precisa ser bom, ou seja, necessita de nutrientes ricos. Em lojas especializadas, você encontra terra que já possui os compostos necessários para que as mudas cresçam fortes e com qualidade. Na hora da adubação, utilize esterco de gado ou de galinha, borra de café e cascas de ovos. Além de ser importante para melhorar a saúde das mudas, o adubo também torna os alimentos mais saborosos.

Cultivos

Há uma grande variedade de alimentos que você pode cultivar. Dentre eles estão alface, couve, salsa, cebolinha, abóbora e tomate-cereja. Regue-os diariamente ou a cada dois dias. Para saber a quantidade de água certa, coloque um palito na terra. Se sair sujo, é porque a umidade está boa. No entanto, se tiver limpo, é preciso molhar a muda. Quando for aguar, coloque diretamente na raiz e não nas folhas.

Viu só como não é difícil? Comece hoje mesmo a sua hortinha em casa. Seja saudável no corpo e na mente.

 

Conta pra gente o que você achou!