Pizza: quanto mais melhor

Hoje é Dia da Pizza! Para comemorar a data, que tal preparar em casa ou pedir delivery?


Por: Crislaine Abreu
Data: 10 de julho de 2020
img

Muçarela, Portuguesa e Margherita. Esses nomes são bastante conhecidos no universo das pizzarias. O cardápio é grande, assim como os fãs do alimento que estão espalhados pelo mundo. Alguns acrescentam ketchup, mostarda e até maionese para complementar o sabor. Já outros são apaixonados pelas opções doces. Cada região tem seu hábito, então há pizzas para todos os gostos.

O brasileiro come muita pizza. De acordo com a Associação de Pizzaria Unidas de São Paulo (APUESP), são consumidas diariamente no país 1 milhão de pizzas. Desse valor, 572 mil são produzidas somente em São Paulo, a segunda cidade no mundo que mais come pizza e só perde para Nova York. Ainda segundo o levamento, o mercado movimenta por ano cerca de R$ 22 bilhões.

Paixão Nacional

No Brasil, o Dia da Pizza é celebrado em 10 de julho. A data foi instituída em 1985 pelo Secretário de Turismo de São Paulo, Carlos Luís de Carvalho. Na época, um concurso foi criado para eleger as melhores receitas de pizza da região. O evento se tornou um grande sucesso e o dia do encerramento da disputa, 10 de julho, tornou-se a data oficial do Dia da Pizza em todo o território brasileiro.

Origem

A história da pizza é cercada de controvérsias. Alguns historiadores acreditam que o alimento surgiu pelas mãos dos egípcios e dos hebreus há seis mil anos. Esses povos misturavam farinha e água, formando uma massa semelhante ao pão sírio. Outros dizem que os gregos também faziam o mesmo processo, mas acrescentavam arroz e grão de bico. Em seguida, assavam em tijolos quentes ou fornos rústicos.

Durante as Cruzadas, a prática de preparo desse alimento desembarcou no Porto de Nápoles, na Itália. No começo, foi conhecido como um prato para pobres que habitavam o sul do país, pois os ingredientes eram queijo, alho e peixe. No século XVI, tomates vindos da América foram introduzidos na culinária europeia e acrescidos à pizza.

Em 1889, Dom Raffaele Espósito ficou conhecido como o primeiro pizzaiolo da história. A serviço da Rainha Margherita, criou uma pizza que imitava as cores da bandeira da Itália. Para isso, utilizou tomate, muçarela e manjericão. Portanto, a tão famosa pizza Margherita é uma homenagem à rainha italiana.

Os imigrantes italianos foram os responsáveis por trazer essa guloseima ao Brasil. Até 1950, as pizzas eram preparadas em ambientes restritos, mais conhecidos como cantinas italianas, e eram muito comuns na região do Brás, na cidade de São Paulo. Após esse período, a pizza foi disseminada por todo o país e cada região adaptou a famosa massa à sua cultura.

Agora que você sabe a história da pizza, celebre a data com a família. E lembre-se: com a pandemia da Covid-19, ainda não é hora de ir às pizzarias. Portanto, prepare uma bela pizza em casa ou peça pelo serviço de delivery.

 

Conta pra gente o que você achou!