Planejamento estratégico: metas e acompanhamento

Fundamental para o sucesso de uma empresa, ajuda a definir metas, ações e responsabilidades


Por: Eliana Sonja
Data: 18 de junho de 2019
img

O planejamento estratégico é fundamental para a sobrevivência de uma empresa. Dessa forma, o planejamento estratégico é um conjunto de ferramentas para ajudar a definir metas, ações e responsabilidades e, assim, ajudar no sucesso da empresa.  Mas se você não sabe por onde começar, o Blog Eu Contador Online vai passar algumas dicas fáceis. Vamos lá?

Análise SWOT

Uma das principais ferramentas utilizadas para o autoconhecimento e definição de objetivos é a chamada Análise SWOT. Do inglês: strengths, weaknesses, opportunities e threats. Em português FOFA: forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

Planejamento estratégico: SWOT

Nesta ferramenta, é preciso fazer uma autoavaliação da empresa para encontrar seus pontos de força e as fraquezas. Assim como avaliar o ambiente externo (MERCADO), a fim de prever oportunidades e ameaças.

Assim, é possível cruzar as informações para potencializar as forças, eliminar ou minimizar as fraquezas. Dessa forma, a empresa irá se preparar para o cenário externo, aproveitando as oportunidades e neutralizando as ameaças apresentadas.

Dessa maneira, com esse cruzamento torna-se mais fácil avaliar os pontos que devem ser trabalhados, bem como as prioridades. Logo após, deve-se estabelecer as metas a serem trabalhadas e o plano de atingimento das mesmas.

As metas devem ser pensadas para se alcançar o objetivo final do planejamento.  De acordo com o resultado da análise SWOT, é possível avaliar o que a empresa deverá trabalhar para que possa atingir o objetivo almejado.

5W2H

Dessa forma, definidas as metas, cada uma deve ter um plano de execução. Para acompanhar esses planos, a ferramenta 5W2H é muito útil:

Planejamento estratégico: 5W2H

De acordo com o desenho acima, cada meta deve ser definida de modo claro. Devem estar alinhadas com as expectativas dos envolvidos. Além disso, serão definidos os responsáveis por cada meta, assim como prazos, custos, modo de execução e apresentação dos resultados.

Mas não adianta todo esse trabalho de análise, planejamento e definição de objetivos sem o acompanhamento eficiente.

PDCA

Para isso, apresentamos mais uma ferramenta muito eficiente chamada PDCA, do inglês Plan, Do, Check and Act.

Planejamento estratégico: PDCA

Sem dúvida, para garantir os resultados é necessário manter um acompanhamento constante das tarefas. Pois não basta aguardar o resultado final.

Além disso, ao fazer o acompanhamento, pode ser necessário trabalhar com ajustes que melhorem ou corrijam algum erro de cálculo.

Assim, é importante definir com os responsáveis prazos de acompanhamento para avaliar se o plano está seguindo o que foi idealizado. Assim como se há a necessidade de alguma correção necessária para que a meta seja integralmente cumprida no final.

Com essas ferramentas e comprometimento dos envolvidos não há planejamento que fique apenas no papel. Se, mesmo depois de ler esse artigo, você ainda está com dúvidas sobre planejamento estratégico, não se aperte. Entre em conato com o Grupo Contab Minas e JR Consultoria.

Conta pra gente o que você achou!