Que tal o pet em seu casamento?

O pet que tanto você ama pode participar da cerimônia do seu casamento. Confira agora as dicas da Maison THZ


Por: Eliana Sonja
Data: 1 de agosto de 2019
img

Você tem um pet que ama de paixão? E que tal levá-lo à cerimônia do seu casamento? Pois é, muitos noivos têm optado por essa ideia. Afinal, os animais têm conquistado cada vez mais espaço no coração e na vida das pessoas, não é?

Ao dar uma volta ao mundo, é possível verificar a presença dos mais variados pets em casamentos. Cães, gatos, coelhos, cavalos e até porcos! No entanto, no Brasil, tem sido mais comum a presença de cães. E uma coisa é inegável: os pets, sem dúvida, tornam as cerimônias ainda mais bonitas.

Neste artigo, porém, vamos abordar apenas sobre os cães, ok? Como o seu cão de estimação pode participar da cerimônia? São várias as opções: plaquinhas, alianças, como pajem ou vestido de smoking ou uma bela tiara de flores.

É claro que, caso essa ideia ganhe adesão dos noivos, é preciso fazer um planejamento. Afinal, por maior que seja a afinidade, em uma festa ele pode estranhar outras pessoas e o ambiente diferente. Para evitar problemas e ficar atento com surpresas, vamos às dicas da Maison THZ de como você deve proceder!

Pet no casamento: tendência

Vamos lá?

Como seu cachorro vai participar?

Ele vai apenas marcar presença na cerimônia e na festa? Ou vai roubar a cena levando as alianças até o altar? Se você escolheu a segunda opção, amarre uma pequena almofada com as alianças nas costas ou no pescoço. Mas caso o seu cachorro seja treinado, pode deixá-lo carregar com a boca a cestinha com as alianças. Outra opção é pedir a uma pessoa acostumada com o pet para levá-lo até o altar.

Adestre seu cão!

Independentemente da forma que o seu cão irá participar da cerimônia, o ideal é adestrá-lo. Isso irá ajudá-lo a ficar mais tranquilo em um ambiente diferente. Também irá deixá-lo mais à vontade com os convidados. Mas para que o adestramento seja perfeito, procure um profissional e com antecedência!

Nunca deixe o cão sozinho

Durante a cerimônia os noivos não poderão ficar por conta do cão. Por isso, é importante uma pessoa que estará o tempo todo por conta dele. Mas lembre-se: o responsável terá que ser uma pessoa com a qual o cão tenha confiança e goste muito!

Roupas especiais

Vestir seu cão com uma roupa especial para a ocasião fará da cerimônia uma ocasião ainda mais emocionante. Uma gravatinha, coroa ou véu podem ficar incríveis no seu pet!

Pet no casamento: acessórios especiais

Temperamento do cachorro

Sem dúvida, o temperamento do cachorro deve ser levado em conta ao optar pela participação do pet na cerimônia. Se ele for mais sociável e extrovertido, com certeza irá lidar melhor com a exposição e atenção extra.

Mas, se ao contrário, ele não for sociável, o ideal é que ele participe apenas do álbum de casamento, como um personagem pra lá de ilustre. Afinal, por mais que ele seja amado, é preciso sempre ficar atento com o seu bem-estar.

Local da cerimônia

É importante não esquecer de verificar se o local da cerimônia permite a presença de animais. Mais um detalhe: o ideal são os espaços ao ar livre! E assim que decidido o local, é importante levar o animal para conhecer e se familiarizar com o ambiente. Se possível, leve-o uns dias antes da cerimônia junto com o adestrador para um treinamento extra.

Pet no casamento: momento especial

Conta pra gente o que você achou!